Data: 02/03/2023 Tempo: 03min de leitura Categoria: Cadeia Produtiva Visualizações: 493 visualizações
Por: Observatório da Gastronomia

Santa Catarina é um importante produtor de maçãs no Brasil, com diversas regiões do estado dedicadas à produção dessa fruta tão popular. A colheita da maçã em Santa Catarina ocorre anualmente, durante os meses de fevereiro a maio, dependendo da variedade cultivada.

A colheita é uma etapa crucial na produção de maçãs, pois é nesse momento que as frutas são retiradas das árvores e selecionadas para serem comercializadas. Em Santa Catarina, a colheita é realizada de forma manual, ou seja, os frutos são retirados um a um das árvores pelos trabalhadores.

Os produtores de maçãs em Santa Catarina utilizam técnicas específicas para a colheita, visando obter frutas de qualidade e evitar danos às árvores. É importante que a colheita seja feita no momento certo, quando as maçãs estão maduras e prontas para o consumo. Isso garante um melhor sabor e textura da fruta, além de evitar perdas para os produtores.

Após a colheita, as maçãs são levadas para os galpões de seleção, onde são classificadas de acordo com o tamanho, cor e qualidade. As maçãs que não atendem aos padrões de qualidade são descartadas, enquanto as melhores são embaladas e armazenadas em câmaras frias, para preservar sua qualidade por mais tempo.

A maçã é uma fruta muito importante para a economia de Santa Catarina, gerando empregos e renda para muitas famílias. A produção de maçãs no estado está concentrada em diversas regiões, como Fraiburgo, São Joaquim, Caçador e Videira, entre outras. Cada uma dessas regiões tem suas particularidades e características que influenciam na qualidade da produção.

Além disso, Santa Catarina é um dos principais exportadores de maçãs do Brasil, enviando suas frutas para diversos países do mundo. A qualidade da produção de maçãs em Santa Catarina é reconhecida internacionalmente, o que torna a fruta um produto importante para a economia do estado. Em 2021 a maçã fuji da região de São Joaquim recebeu a certificação de Indicação Geográfica (IG) na categoria Denominação de Origem (DO), pelo Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI), ou seja, o reconhecimento das características geográficas (físicas e humanas) que resultam em uma maçã única e de qualidade.

A colheita da maçã em Santa Catarina é uma atividade importante e realizada com muito cuidado pelos produtores. A qualidade da produção é garantida por meio da seleção cuidadosa das frutas e do armazenamento em condições adequadas. Essa fruta é uma fonte de renda e orgulho para muitas famílias catarinenses e um produto de destaque na economia do estado.

Além de ser uma atividade importante para a economia de Santa Catarina, a colheita da maçã também pode ser uma atração turística interessante para quem visita a região. Muitos produtores rurais abrem as portas de suas propriedades para receber turistas e oferecer experiências que vão além da simples compra da fruta.

Os turistas podem participar da colheita da maçã, aprender sobre o cultivo da fruta e conhecer a história dos produtores locais. Essas atividades proporcionam uma oportunidade única de vivenciar a vida no campo e conhecer a cultura rural de Santa Catarina. São oferecidas degustações de maçãs frescas, sucos e outros produtos derivados da fruta, como geleias e compotas. 

Algumas propriedades oferecem ainda atividades como caminhadas pelos pomares, passeios de trator e até mesmo hospedagem em casas de campo. Tudo isso proporciona uma imersão completa na cultura rural de Santa Catarina e uma oportunidade de aprender sobre o trabalho dos produtores rurais na região.

A colheita da maçã como turismo é uma forma de valorizar a produção local e incentivar o desenvolvimento sustentável das propriedades rurais. Além disso, é uma opção de lazer para quem busca experiências diferentes e quer conhecer mais sobre a cultura e a história de Santa Catarina.

A partir de Março de 2023, quando as macieiras estão carregadas, o Sesc Santa Catarina promove excursões saindo de suas Unidades, com hospedagem na Pousada Rural Sesc Lages e passeio pelos pomares de São Joaquim, conhecida como Capital da Maçã. Nas visitas às propriedades rurais, será possível colher a fruta que deseja pelo sistema Colha e Pague, vivenciando o meio rural e o contato com os produtores.

Para saber mais:

Roteiro Colheita da Maçã Sesc SC

SC conquista Indicação Geográfica para Maçã Fuji da Região de São Joaquim

Mapa Gastronômico: conheças as certificações de origem e qualidade em SC

Santa Catarina dá início à safra de maçã e espera colher 570,8 mil toneladas(Epagri)

Também pode
te interessar:

Eventos relacionados a Cidade Criativa Unesco da Gastronomia – Florianópolis (1º semestre 2024)
Data: 04/04/2024 Tempo: 01min Categoria: Cidade Criativa

Eventos relacionados a Cidade Criativa Unesco da Gastronomia – Florianópolis (1º semestre 2024)

Compilados de eventos informados pela Associação FloripAmanhã relacionados a Cidade Criativa Unesco da Gastronomia

Florianópolis recebe em agosto I Encontro Brasileiro das Cidades Criativas Unesco da Gastronomia
Data: 22/03/2023 Tempo: 02min Categoria: Institucional

Florianópolis recebe em agosto I Encontro Brasileiro das Cidades Criativas Unesco da Gastronomia

Florianópolis receberá em agosto a 1ª edição do Encontro Brasileiro das Cidades Criativas Unesco da Gastronomia. A

Matéria apresenta a cadeia produtiva da macroalga e seus usos na alimentação
Data: 28/02/2023 Tempo: 01min Categoria: Cadeia Produtiva

Matéria apresenta a cadeia produtiva da macroalga e seus usos na alimentação

Matéria veiculada no domingo de carnaval, dia 19 de fevereiro, apresentou a cadeia produtiva da macroalga Kappaphycus